Estrategias do veterinario homeopata

Estrategias do veterinario homeopata

Estrategias do veterinario homeopata no tratamento das diversas especies domesticas. A Homeopatia possibilita ao veterinario diversas abordagens para a manutencao e restabelecimento da saude animal. Na ocasiao de uma consulta, sinais e sintomas podem tanto ser coletados de um grupo de animais da mesma especie ou de um individuo quanto da doenca de grupo de animais ou de um individuo.

Em um grupo, coletar os sintomas e sinais caracteristicos e/ou bem modalizados possibilita uma atuacao homeopatica mais profunda do que a utilizacao dos sintomas e sinais so da doenca, ainda que sintomas muito bem modalizados de doencas possam ser individualizantes. Mas o que a realidade mostra e que os profissionais que atuam nesse ultimo nivel nao procuram esta modalizacao. A possibilidade de se trabalhar com um animal ou um grupo[1] abre as portas para o tratamento populacional atraves da homeopatia veterinaria, fato esse extremamente importante quando se fala de animais de producao.

A Homeopatia tambem possibilita ser usada tanto de forma curativa quanto preventiva. E isso e mais marcante quando se fala de rebanhos, ja que sao grupos de individuos mantidos juntos, artificialmente [2], com um alto nivel de stress, na maioria das vezes com um alto grau de modificacao genetica e que

Désolé, mais les essais complets ne sont disponibles que pour les utilisateurs enregistrés

Choisissez un plan d'adhésion
no seu ambiente contam com a presenca inevitavel de doencas endemicas [3]. Nesse tipo de situacao o tratamento individual, somente, e inefetivo mesmo com Homeopatia, pois envolve toda uma populacao e uma alta interferencia do meio ambiente na saude dessa populacao.

Interferencia essa que nao pode ser removida por medicamentos tradicionais ou vacinacao [4]. Existem, nesses casos, fatores desencadeantes de doenca presentes junto a populacao, em seu meio ambiente, o tempo todo. E embora nao seja possivel esperar que um manejo homeopatico va acabar com a sensibilidade e a suscetibilidade dessa populacao e desses individuos a esses fatores desencadeantes, um bom manejo da propriedade, aliado a um manejo homeopatico bem conduzido pode reduzir a disposicao dos fatores que o levam a isso, ou em outras palavras, aumentar o limiar da populacao a essas doencas.

A predisposicao a determinadas doencas do rebanho ou do individuo possivelmente nao serao alteradas, mas os fatos que o(s) dispoe(m) a essas doencas, sim. [5] E importante ressaltar que cada especie, e muitas vezes racas, terao que ser tratadas diferentemente, ja que ao contrario de uma terapeutica que usa doses ponderais de medicamentos, a Homeopatia e altamente especie-especifica e/ou raca-especifica. Os resultados que se obtem com uma populacao de uma mesma especie ou raca podem eventualmente serem extrapolados para outra populacao da mesma especie ou raca, ja que o meio mbiente e sua alteracao genetica influenciam muito. Mas a extrapolacao de resultados de uma especie a outra e altamente especulativa, e deve ser feita com cuidado. Os veterinarios de pequenos animais estao acostumados a extrapolaram varios resultados obtidos com humanos a caes e gatos, por exemplo. Mas isso so pode ocorrer por que a muito tempo se observou que essa extrapolacao era possivel. E tambem e necessario ressaltar que essa extrapolacao funciona muito mais com os caninos do que com os felinos.

Que ninguem entenda que esse artigo esta aconselhando que nao se vacine tanto animais de pequeno porte quanto animais de producao. Esse e um assunto complexo e que suscita muita discussao, mas que poderia ser resumido na seguinte argumentacao : aconselhar a nao vacinacao supoe que esse individuo esteja harmonico consigo proprio e com o meio ambiente e que nao seja e nem que sera afetado por noxa algum, desafio algum, por um longo periodo de tempo.

Quem poderia garantir um estado desse, que compromete o individuo, seu meio ambiente e a interacao com outros seres ? Sao muitas variaveis a serem controladas. O que e factivel de ser defendido e o uso racional da vacinacao, dentro de um manejo bem planejado para as diversas especies animais. O que se deve ter se alta conta quando se usa Homeopatia : esta se usando uma terapeutica que faz o organismo agir por si so e nao uma terapeutica que age no organismo se contrapondo a alguma acao dele ou mimetizando substancias que ele mesmo produz.

Nesse sentido, mais do que nunca, o meio que o rodeia e sua interacao com outros individuos deve ser considerado, alem do que o predispoe geneticamente a doencas, seja a nivel de especie, seja individualmente. Mas essas intervencoes deverao ser feitas por um tipo especial de profissional veterinario, que mesmo sendo homeopata nao e necessariamente igual ou mesmo semelhante a outro. Entao, o que seria um profissional homeopata no campo ? O que e um homeopata : uma visao do ponto de vista da agropecuaria A definicao mais obvia de um homeopata e que e ‘aquele que usa a terapeutica homeopatica’.

Mas nao e so isso. Se comecara por descrever os profissionais que estao envolvidos no trabalho rural e que sao habilitados a clinicar, os agronomos e os veterinarios. Os agronomos podem usar a Homeopatia para cuidar das plantas, pois no Brasil sao eles os legalmente habilitados para tratar de doencas em plantas em propriedades rurais. E os veterinarios podem usa-la para cuidar de animais doentes ou para fazer uma veterinaria preventiva e evitar doencas. Isto porque no Brasil sao os veterinarios os legalmente habilitados para tratar animais doentes.

E qual a importancia de se ressaltar isso ? Muitos consideram como um privilegio elitista se restringir o uso da Homeopatia aos profissionais clinicos. Nao e. Sao estes que tem uma formacao adequada para avaliar a fisiologia e a fisiopatologia de um animal, para ter nocao do que o animal sofre, o que usar para cura-lo e como acompanhar a evolucao do quadro clinico. E fazer o que os leigos nao conseguem fazer, e que e o mais importante, ‘acompanhar a evolucao do quadro clinico’. Esse tipo de avaliacao e o ‘pulo do gato’ de um bom clinico.

Exige um bom tempo e um enorme esforco desprendido para se tornar um bom profissional. E cabivel comentar que casos simples de doenca podem ser resolvidos por um leigo, mas em casos complicados as chances de algo dar errado sao enormes. Isso, juntamente com outro problema : como se pode avaliar se o problema de saude do animal, ou do plantel, e simples ou nao, se nao se tem formacao para este tipo de analise ? Alem de usar uma terapeutica homeopatica para cuidar de seus doentes, o veterinario homeopata pode atuar de tres maneiras em uma propriedade rural : . Quando e chamado para tratar de algum animal doente, atuando como autonomo ou como contratado da propriedade, como ocorre comumente com os veterinarios em geral. E nesse caso pode ser tanto simplesmente um veterinario que usa uma terapeutica homeopatica, quanto um veterinario homeopata. Estao nessa situacao a maior parte dos veterinarios que utilizam a Homeopatia e que atuam no campo. 2. Quando faz um trabalho preventivo em uma propriedade, fazendo o que chamamos de ‘tratamento populacional’, fazendo um planejamento do manejo de rebanhos, de aneira a tornar esta populacao mais saudavel e com isso menos sensivel e suscetivel[6] a doencas, e neste caso e imprescindivel um veterinario homeopata. Veterinarios para este tipo de atuacao ainda sao minoria no panorama dos veterinarios que utilizam a Homeopatia do Brasil. Sua formacao demanda mais tempo e faz necessario que o veterinario tenha feito um bom curso de Homeopatia Veterinaria, que de preferencia tenha em seu curriculo clinica de grandes animais, curso este em que ele deve ter tido obrigatoriamente uma solida formacao teorica sobre Homeopatia em geral. 3.

Quando se integra a uma equipe multidisciplinar, com agronomos, zootecnistas, etc. , de maneira a planejar ou reorganizar uma propriedade para a obtencao de ‘certificacao organica’, ou mesmo para tenha uma orientacao ‘organica’ visando um aproveitamento mais racional da propriedade. Nesse caso e essencial um veterinario que seja homeopata. E este e um profissional ainda mais dificil de se achar, pois alem de ser necessario que tenha o que foi descrito no item 2, precisa saber fazer planejamento em equipe. E se torna necessario detalhar melhor o que seria um veterinario que usa a erapeutica homeopatica, e o que seria um veterinario homeopata. O primeiro e um veterinario que usa a medicacao homeopatica da mesma maneira que usa outros tipos de medicacao e sua avaliacao da evolucao do quadro clinico tambem e a mesma que ele usa para os outros tipos de medicamentos. Ja o segundo tipo e um veterinario que fez um curso de Homeopatia Veterinaria, onde teve uma formacao solida teorico-pratica em Homeopatia. E ele nao so usa a terapeutica homeopatica, como toda sua visao de doenca e evolucao para a cura e baseada na teoria homeopatica.

Seu olhar para uma propriedade e para o animal nao e mais o mesmo, ja que ele nao procura mais so os mesmos problemas que um veterinario de formacao tradicional procuraria. O veterinario homeopata se insere muito bem na area da agropecuaria organica, nao so pelo tipo de atuacao profissional que ele tem, como pelo fato de a Homeopatia ser uma terapeutica que nao deixa residuos no animal. Porem nao so as propriedades organicas, mas todas as propriedades rurais envolvidas em criacao animal podem se beneficiar deste tipo de profissional.

No panorama da Homeopatia Veterinaria no Brasil, os veterinarios homeopatas de pequenos animais ainda sao franca maioria. Os que tratam de equinos e de animais de producao ainda sao em pequeno numero, mais aos poucos estao aumentando, tanto em virtude da procura pelos proprietarios, cooperativas e orgaos certificadores organicos, quanto pelo proprio interesse dos veterinarios. Maria Thereza Cera Galvao do Amaral – Sao Paulo – Brasil homeopata veterinaria – historiadora da ciencia e-mail : [email protected] com. br site : www. omeopatiaveterinaria. com. br ———————– [1] No caso do individuo, deverao ser usados seus sintomas idiossincrasicos e a modalizacao de seus sintomas apresentados durante sua doenca. No caso de uma populacao, deverao ser usado os sintomas que caracterizam o grupo – relacionados a sua especie ou raca – e os sintomas modalizados da doenca coletiva, doenca essa que tem caracteristicas proprias relacionadas a especie ou raca. [2] No sentido em que nao estao soltos na natureza e que nao estao vivendo em condicoes de acordo com a sua natureza. 3] A que a especie e sensivel [4] Alias, embora se faca questao de ignorar o fato, muitas vezes a vacinacao ajuda a manter a doenca endemica. [5] Quais tipos de medicacao homeopatica serao usadas nesses casos serao dependentes da avaliacao da propriedade e do rebanho feita pelo profissional e de seu planejamento. Mas tratamentos individuais, populacionais, bioterapicos, isoterapia, organoterapia, etc. poderao ser usados para compor a estrategia de acao desse profissional. [6] Sensivel se refere a especie e suscetivel se refere ao individuo.